26/11/2008

87% usam internet no trabalho para fins pessoais


Uma pesquisa realizada pelo Instituto Qualibest indica que 87% dos brasileiros com emprego usam a rede no trabalho para fins pessoais. Este dado foi divulgado em matéria produzida pelo jornal Folha de S.P. “ A lista segue com pesquisas em sites de busca (63%), acesso a sites de notícia (58%) e "internet banking" (52%). Apenas 6% afirmaram que usam jogos na internet do trabalho e 17% dizem usar a rede para baixar músicas. A pesquisa não questionou o acesso a conteúdo adulto”.

A internet está aí para facilitar a nossa vida. Um destes exemplos são os bancos online. Por eles podemos pagar contas, transferir dinheiro, realizar depósitos, dentre outras transações. Graças à tecnologia, podemos poupar algumas horas nas agências bancárias. O que mais me chama a atenção é que algumas empresas, ainda assim, insistem em limitar o acesso à rede para fins pessoais no ambiente profissional. Estas preferem que o colaborador almoce rápido, dirija-se à agência física e fique ali plantado, enquanto já poderia ter realizado tudo isso online, em poucos minutos e já voltado a trabalhar.

Empregos, em sua maioria de CLT, exige que o funcionário chegue no horário estabelecido, com no máximo uns 15 minutos de atraso, bata cartão, sente, trabalhe, levante, bata o cartão, vá almoçar, volte, bata o cartão, trabalhe, bata o cartão (na maioria das vezes sem hora para sair,) e vá para a casa.
Preferem que o funcionário seja um robô, um ser não pensante que está ali apenas para executar tarefas pré-estabelecidas. Se o funcionário não pode sair do emprego em horário de expediente para resolver questões pessoais, exceto ir ao médico, como acontece em muitos casos, nada mais justo do que permitir que ele no mínimo possa checar suas mensagens pessoais, ler notícias e acessar o site do banco. Permitir acesso a redes sociais já é pedir muito, eu sei,mas pelo menos acesso aos sites das categorias citadas já seria alguma coisa. Depois exigem que o funcionário inove, crie, mas sinceramente não sei como um funcionário alienado, que está proibido de saber o que tem de notícia correndo pelo mundo, pode ter seu processo criativo aguçado. Nunca aconteceu, comigo, por exemplo, de ficar olhando para a intranet e ter aquele super insight e com você, já aconteceu?

5 comentários:

Donizete disse...

De fato as pessoas usam e muito a seu favor, sem contar os e-mails de pornografia que circulam entre os funcionários.

Jackweb disse...

Bacana, eu imaginava que isto acontecia .
Eu diria que muitos Blogs são visitados no trabalho, pois observo que durante a semana em horário comercial existem até 70% mais visitantes online.
Pelo IP vi até que existem um pessoal do meio dia, que provavelmente almoça e vai dar uma navegada.

Sucesso
Abraço

Edson disse...

Concordo com você! como empregador resolvi este problema sendo parceiro de minha equipe! Brincando contruimos coisas incríveis!!!

Mauro Segura disse...

O seu post foi excelente. É isso mesmo que acontece. O ambiente de trabalho está passando por uma transformação incrível e muitas empresas ainda não entenderam isso. Até escrevi sobre isso recentemente em meu blog. Abcs. Mauro Segura.

Renata/ Trika Lopes disse...

É Donizete, infelizmente algumas pessoas não têm "desconfiômetro".

Lackweb, Edson e Mauro, agradeço a visita e os comentários!